Delegacia de Nova Mutum sofre atentado: tiros estilhaçam porta de vidro na madrugada


Barbara Sá /RD News

Sete anos depois, a delegacia da Polícia Civil em Nova Mutum (a 238 km da Capital) foi alvo novamente de atentado na madrugada desta sexta (14). Criminosos atiraram contra a sede e deixam porta de vidro toda estilhaçada.

As informações preliminares apontam que o criminoso chegou por volta das 4h15, a pé, disparou e em seguida, fugindo por rumo ignorado. Foram efetuados pelo menos cinco disparos contra a delegacia, vindo a atingir uma porta de vidro, muro, grade de ferro e uma arvore de raspão.

Um policial que estava de plantão no momento dos tiros estava em um alojamento nos fundos da delegacia e não se feriu. A Polícia Civil da cidade informou que já começou a investigar o caso na tentativa de chegar até os autores do crime.

Em 2013 a delegacia já havia sido alvo de disparos de arma de fogo, na ocasião o responsável pelos disparos foi localizado e detido. Na época três equipes das Gerências de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e de Operações Especiais (GOE) estão na cidade para garantir o funcionamento dos trabalhos da delegacia e também auxiliar nas investigações.

A situação há 7 anos se repetiu. A suspeita na época era que dois homens em uma moto teriam passado em frente à delegacia e atirado diversas vezes. No momento da ação criminosa, de acordo com a Polícia Civil, havia apenas um policial plantonista. Ele não ficou ferido porque estava no alojamento do prédio. Os tiros destruíram completamente a vidraça localizada na fachada da delegacia.

Na época polícia informou que o atentado ocorreu devido ao trabalho repressivo da polícia contra crimes relacionados ao tráfico de drogas na cidade.




Postar um comentário

0 Comentários