Familiares e amigos de fisiculturista assassinado em Rosário Oeste irá realizar um manifesto pedindo justiça e a prisão do assassino


Foto: Facebook

Marcos Lopes Com Informações do Lapada-Lapada

Familiares e amigos do fisiculturista Marcos Camargo assassinado no último domingo (09) em uma boate no Centro de Rosário Oeste, irá fazer um Manifesto nesta quarta-feira (12) as 17 horas em frente ao Fórum da cidade clamando por justiça  e pedindo a prisão do assassino Nick Locattelli.

O Manifesto terá a cobertura dos principais veículos de comunicação da Baixada Cuiabana, incluindo toda a Imprensa de Rosário Oeste e Nobres que sensibilizada com a dor da família está ecoando o grito de dor dos familiares e amigos do fisiculturista. 
 
 O assassino usava o nome de Nick Locatelli, mas de acordo com informações do Mandado de  Prisão Preventiva o nome verdadeiro dele é Nicolas Jordani Pereira.

Nick Locatelli  se apresentou com o seu advogado no final da tarde da última segunda- feira (10) na delegacia local, foi ouvido pelo delegado Henrique Trevizan ,  que o liberou devido ter passado o período de flagrante.

Ainda na segunda- feira (10) por  volta das 21 horas, o juíz da Comarca de Rosário Oeste, Diego Hartman expediu o Mandado  de Prisão Preventiva em desfavor Nicolas Jordani Pereira, que usava a alcunha de Nick Locatelli,

Até o momento do fechamento desta matéria, Nick Locatteli ainda não havia sido preso e já é considerado foragido pela Justiça.


O Crime
Marcos estava com um amigo na boate Music Bar quando, por volta da 1h30 do domingo (09), foi atingido por 7 tiros pelas costas. Ele não resistiu e morreu na hora. O suspeito do crime foi identificado por testemunhas, já que também é morador da região.

Nick’ Locatelli, morador da comunidade Raizama, estava em um Corolla prata e fugiu assim que cometeu o crime. Em rondas, a PM não localizou o suspeito.


Durante os disparos, uma adolescente de 17 anos foi atingida por uma bala perdida no ombro e foi internada. Marcos era fisiculturista e carregava o título de campeão estadual em 2018. Amigos e familiares lamentaram a morte do jovem nas redes sociais e pedem justiça.




Postar um comentário

0 Comentários