Câmara de Vereadores aceita denúncia do prefeito João Balbino e abre mais uma CPI contra o vereador Tito da Forquilha que dá sinais que poderá não ir à reeleição


Redação Com Informações do Biorosário

Na última sexta – feira, 11, a Câmara de Rosário Oeste acatou e aceitou a denúncia do prefeito João Balbino (PL) contra o vereador João Augusto Arruda, o popular e polêmico, Tito da Forquilha (PTB). 

Em seus argumentos de justificação da denúncia, o prefeito João Balbino e o seu advogado alegam que o vereador Tito da Forquilha incidiu no crime de quebra de decoro parlamentar e que ainda excedeu a função de vereador ao cometer vários outros crimes quando impediu uma equipe da prefeitura a realizar reparos em uma estrada que fica no Assentamento Forquilha do Rio Manso, localizada no Distrito de Marzagão, zona rural de Rosário Oeste. 

Por maioria esmagadora e absoluta os vereadores aprovaram o pedido de abertura de mais uma CPI contra o vereador Tito da Forquilha, que já estava sendo investigado por outra CPI aberta pelos seus pares para investigar suposta cobrança de propina para agilizar o processo de titularização em lotes do Assentamento Forquilha do Rio Manso. 

O vereador Marco Araújo (PTB), colega de partido e espécie de novo “padrinho” (político) do vereador Tito da Forquilha foi o único a votar contra a abertura da “CPI do Travessão”. 

“CPI do Travessão”, é nome que a população de Rosário Oeste já batizou mais essa CPI em desfavor do vereador Tito da Forquilha, em referência a estrada que causou todo esse imbróglio que poderá cassar tanto o mandato dele como a perca dos seus direitos políticos por 8 anos. 

O presidente da Casa de Leis, vereador César da Farmácia, só vota em questão quando há empates nas votações e o vereador Tito da Forquilha não vota por ser alvo da denúncia. Todos os demais vereadores votaram a favor da abertura desta outra CPI contra o parlamentar do PTB. 

A Comissão criada ficou composta com a Vereadora Angela Godoes (Tetê) como Presidente, o Vereador Benvindo Pereira como relator e o Vereador José Gomes (Zé Cabeludo) como membro. 

Já prevendo este resultado, o vereador Tito da Forquilha, dá sinais evidentes que poderá jogar a “toalha” e não mais disputar a reeleição e segundo informações de bastidores, ele já estuda a possibilidade de renunciar ao seu mandato para não perder os seus direitos políticos. E outro motivo também seria, porque todos os pré- candidatos a vereadores de todos os grupos políticos de oposição ou daqueles considerados independentes não aceitam ter ele (Tito) no mesmo palanque, chegando até ameaçarem uma debanda total , caso o contrário aconteça. 

Preterido por quase toda a classe política, em quase 4 anos, o vereador Tito da Forquilha colecionou muitas inimizades e polêmicas. E a solução mais digna e “honrada” para ele seria renunciar ao seu mandato e assim preservar os seus direitos políticos , uma vez que ninguém o aceita no mesmo palanque.

Confira a leitura do pedido da denúncia do prefeito João Balbino contra o vereador Tito da Forquilha. 



Postar um comentário

0 Comentários