Grupo de oposição formado por MDB, PTB e PSB calcula eleger entre cinco a seis vereadores tendo como base o retorno de votos do empresário Luiz Fernando


Redação

Convenções realizadas, documentações sendo providenciadas, agora chegaram o momento que, enquanto aguardam até o dia 27, data que será permitido o inicio da campanha eleitoral, os partidos já começam a fazer contas nos bastidores de quantos vereadores cada partido irá fazer na próxima legislatura, uma vez que não há mais coligações nas proporcionais, onde 2 ou mais partidos se coligavam para tentar fazer o maior numero de vereadores dentro de um grupo. 

Uma análise obtida com exclusividade pelo Rosário Notícias, o grupo de oposição formado pelo MDB, PTB e PSB que tem como candidato a prefeito, o empresário Luiz Fernando (MDB) calcula que as três siglas juntas devem fazer entre cinco a seis vereadores. 

Em média cada partido deverá eleger dois vereadores e no MDB a disputa interna será acirrada entre Ademir do Marzagão,Nina,Vanusa, “Churrasquinho” e Chiquinho, que já passaram por pleitos eleitorais e tiveram uma votação expressiva, mas não se elegeram devido o fator legenda, mas agora neste ano é o mais votado dentro do coeficiente eleitoral que será eleito. 

No PTB, que indicou o vereador Marco Araújo como candidato à vice- prefeito do grupo, a disputa será acirrada entre 15 nomes, entre estes: Adolfo da Cocal, Jackson da contabilidade, Branco da Distribuidora, Marquinho Araújo, Rose Pescadora, Dona Carmosa, Tico Nazário e entre o outros e a sigla ainda tem o vereador Tito da Forquilha que tenta a reeleição. 

Já no PSB, que tem cerca de 18 nomes na disputa proporcional tem alguns nomes que já começam a ganhar musculatura entre os quais estão a agricultora familiar Preta da Forquilha , o pescador Josias , Alexandre do Bauxi, Nilda Campos e entre outras lideranças que disputam de igual para igual uma vaga no Poder Legislativo rosariense.

A estratégia desse grupo é tentar "casar" os votos dos candidatos a vereadores com os votos do empresário Luiz Fernando para de certa forma tirar votos dos adversários. 


A convenção conjunta do MDB,PTB  e PSB  foi um evento que teve uma boa organização e devido ao grande numero de candidatos a vereadores, o grupo acabou largando na frente devido ter lideranças que possuem alta densidade eleitoral.

O grupo também prega renovação no Poder Executivo e uma maior oxigenação política dentro Poder Legislativo Municipal.



Postar um comentário

0 Comentários