PL declara apoio para maior adversário político do prefeito João Balbino que irá apoiar sua vice como candidata a prefeita pelo PSC com o apoio do DEM



 Redação
Fotos: Emanuel Duallib / Acontece MT e Arquivo/ Rosário Notícias

No começo da noite da última quarta-feira (16), o PSC realizou a sua convenção municipal onde o nome da atual vice – prefeita de Rosário Oeste , Professora Tânia Conrado foi oficializada como candidata a prefeita pela sigla. 

O DEM (Democratas) também realizou a convenção da sigla na noite de quarta-feira (16) e declarou apoio a candidatura a prefeita da Professora Tânia Conrado e indicou o empresário Jair da Felipe para ser o candidato a vice prefeito da socialista cristã. 

Mesmo sendo o presidente do Partido Liberal (PL) de Rosário Oeste, o prefeito João Balbino irá apoiar a Professora Tânia Conrado por discordar da opção da sua sigla em apoiar o seu maior adversário político, o empresário Alex Berto, o Alex da Boa Saúde (Solidariedade) que disputou as duas últimas eleições contra ele, que saiu vitorioso dos dois pleitos. 

O PL que até então tinha o Procurador Municipal, o advogado Dr. Dejair Liu como pré- candidato a prefeito, mas por uma decisão do diretório estadual que destituiu o diretório municipal para que desta forma o partido pudesse se aliar ao Solidariedade de Alex Berto. 

No final da tarde desta quinta –feira (17), o prefeito João Balbino conversou por telefone com a equipe do Rosário Notícias e comentou sobre o cenário político de Rosário Oeste e não poupou e elogios a sua atual vice- prefeita, Professora Tânia Conrado e enalteceu algumas qualidades dela e quando questionado sobre o porquê não interferiu na escolha do PL, como presidente da sigla, ele salientou que preza pela democracia e que a maioria dos filiados do partido votou pela aliança com o seu maior adversário político (Alex da Boa Saúde), mas que ele jamais iria apoiar a candidatura do empresário por discordar da forma de pensar e do posicionamento político dele e por isso a sua escolha de encampar a candidatura a prefeita de sua vice, já era algo previsível ,segundo ele. 

“Eu valorizo muito a democracia e por isso eu respeitei e respeito a decisão partidária de apoiar o meu maior adversário político, mas decidi apoiar a candidatura da Tânia por acreditar que o projeto encampado por ela e o Jair da Felipe é o melhor caminho para Rosário Oeste seguir em frente e será um governo novo e diferente, pois chegou o momento da nossa cidade uma mãe, uma mulher guerreira à frente da administração municipal e esse meu posicionamento de apoiar a Tânia já era previsível, pois 4 anos atrás , ela foi minha companheira de luta e agora chegou o momento de eu retribuir esse companheirismo dela, que eu tenho a certeza que ela será uma ótima gestora”, afirmou Balbino. 




Quando indagado sobre o cenário político dentro da disputa majoritária que tem cinco nomes disputando o comando do município, o prefeito João Balbino declarou que o pleito deste ano não será fácil pra nenhum candidato e que todos terão que trabalhar muito para convencer o eleitor a votar em suas propostas e todos merece respeito. 

“Todos os adversários merecem respeito e não será uma eleição fácil para ninguém, pois todos terão que trabalhar muito para convencer o povo rosariense que tem a melhor proposta para a nossa cidade, por isso reafirmo aqui o meu apoio a Professora Tânia e digo que ela será uma mãe para a nossa cidade e Dara um toque feminino especial dentro da administração municipal”, garantiu o prefeito João Balbino. 

O prefeito João Balbino que é advogado e empresário disputou a sua reeleição em 2016 pela coligação “Rosário no Caminho Certo, que a época era composta pelo PR, PP, PPS, PSC e a dupla venceu o pleito daquele ano com 4.062 votos, resultado de uma primeira gestão (2013-2016) de bons resultados que os credenciaram a administrar Rosário Oeste por mais 4 anos (2017- 2020). 

Rosário Oeste possui pouco mais de 12 mil eleitores , mas por causa da pandemia do Covid-19, este número poderá cair este ano para cerca de aproximadamente 10 mil votantes. O prefeito João Balbino futuramente poderá pagar caro pela sua escolha de apoiar a candidatura a prefeita de sua vice, pois poderá sofrer processo de expulsão do PL através do diretório estadual por infidelidade partidária, quando a esta questão ele se diz seguro e ressalta que o partido dele é Rosário Oeste e jamais irá contra os anseios da população.

"Sobre esta questão , é uma escolha pessoal minha  e o meu partido é e sempre será Rosário Oeste e jamais iria deixar de seguir e atender os anseios do nosso povo, que tá pedindo uma mulher a frente da administração municipal , por isso sobre isso de ser expulso ou não do PL , estou muito seguro que fiz a opção certa, respeito a decisão do meu partido que decidiu apoiar o meu maior adversário político, assim como eu tenho a certeza que eles irão respeitar a minha decisão", assegurou João Balbino.   

Tânia e João Balbino juntos novamente após 4 anos, diferenças político- pessoais e divergências de pensamentos superadas. Os principais partidos de oposição se uniram e duas siglas oposicionistas resolveram não se unirem com os demais oposicionistas e decidiram caminhar defendendo a tese que suas respectivas candidaturas majoritárias são uma espécie de terceira via independente em Rosário Oeste.



Postar um comentário

0 Comentários