Maxmar César poderá reassumir Secretaria de Infraestrutura a convite do prefeito Alex Berto que está atendendo um pedido do deputado Nininho


Da Redação


Fontes ligadas ao prefeito Alex Berto (Solidariedade) repassaram ao Rosário Notícias a informação que o ex- Secretário de Infraestrutura Maxmar César poderá reassumir o comando da pasta que comandou nos últimos anos na gestão do então prefeito, o advogado João Balbino (PR) .

O convite para reassumir a secretaria foi feito pelo prefeito Alex Berto por telefone conforme pessoas próximas ao Gabinete Institucional e tudo indica que Maxmar César irá aceitar o convite, pois terá a oportunidade de concluir algumas obras que não foram possíveis ser concluídas devido o prazo eleitoral de 2020 e também devido a escassez de recursos destinados por emendas parlamentares de deputados estaduais e federais e senadores.

Maxmar César na gestão do advogado João Balbino foi Secretário de Governo e posteriormente comandou a Secretaria de Infraestrutura até dezembro de 2020 e durante o período que esteve à frente da pasta, ele se aproximou do deputado estadual Nininho (PSD) de quem se tornou afiliado político e a pedido dele recebeu o convite do prefeito Alex Berto para reassumir o comando da mesma.

Caso aceite assumir novamente o cargo, o novo secretário terá como missão não dar novos rumos á pasta, mas deverá ter como sua principal meta, integrar cada vez mais a secretaria e concluir todos os projetos que na gestão anterior não foram possíveis serem concluídos.

Maxmar também terá que restabelecer o seu relacionamento com todos os servidores. Essa parceria e relação de confiança poderão ser essenciais para que ele possa dar andamento e concluir todas as obras da gestão anterior e que ainda estão em andamento.

Caso aceite reassumir a Secretaria de Infraestrutura Maxmar César será o terceiro secretário da gestão de João Balbino a integrar o staff de secretários do prefeito Alex Berto, uma vez que Jucélia Medeiros continuou a frente da Secretaria Assistência Social e Anderson Rodrigo de Sá também continuou no comando da Secretaria de Saúde.

Postar um comentário

0 Comentários