Mauro entrega 70% da Trincheira Jurumirim e critica obra inicial: 'Lamentável'



Repórter MT

O governador Mauro Mendes (DEM) entregou na manhã desta sexta-feira (28) a parte inferior da Trincheira Jurumirim, uma das maiores obras do pacote para a Copa do Mundo de 2014, e fez duras críticas ao que foi feito no passado. Devido à má qualidade do serviço, foi necessário refazer a drenagem, pavimentação, impermeabilização e iluminação.

“Isso aqui não deveria estar acontecendo, é lamentável. Pela construtora houveram falhas, mas nós fizemos essa intervenção para colocar essa parte importante da mobilidade urbana daqui de Cuiabá em condições operacionais e adequadas para ser usada pela população”, afirmou o governador, em evento para liberar a parte de baixo da trincheira.

Refazer toda a obra custará o total de R$ 14 milhões. Até agora, já foram utilizados R$ 10,5 milhões na parte de baixo. A próxima fase é começar as intervenções na parte superior, mas sem bloqueios de trânsito. A reforma está 70% concluída.

De acordo com Mauro Mendes, a Procuradoria Geral do Estado busca caminhos para responsabilizar a empresa responsável pela obra inicial. “Existe um procedimento que está tramitando pela Procuradoria para responsabilizar, já que toda obra ela tem cinco anos de garantia”.

Para fazer as adequações na parte superior, serão necessárias intervenções menores no trânsito, com bloqueios de apenas parte da pista, esporadicamente. Para isso, Mauro conta com o “bom senso” do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

“Eu espero que não tenha dificuldades. Na parte superior é mais simples, as intervenções são mais simples, mas seguramente haverá necessidade de fazer e eu espero que o bom senso e o interesse público estejam em primeiro lugar”, concluiu. 

Postar um comentário

0 Comentários