Coronel Assis deixa Comando Geral para disputar eleições; Primo de Gilmar Mendes assume

FOTO: DIÁRIO DE CUIABÁ


Repórter MT


O coronel José Jonildo de Assis deixa amanhã, 1º de abril, o Comando Geral da Polícia Militar, após mais de três anos à frente da instituição. Ele será substituído pelo coronel Alexandre Correa Mendes, primo do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e marido da juíza Ana Cristina Silva Mendes, da Vara de Combate ao Crime Organizado de Cuiabá.

A saída de Assis se deu a pedido. Com 27 anos de carreira, ele já comandou diversos grupamentos, dentre eles o Bope e o Gefron. Desde 2017, quando foi promovido a coronel, Assis ocupava cargo de secretário-adjunto na Secretaria de Segurança Pública, até que, em janeiro de 2019, assumiu o Comando Geral.

Assis deve concorrer a deputado federal.

Postar um comentário

0 Comentários