Internacionalização na mão da PF

Empresa que administra o aeroporto Marechal Rondon sustenta que só a Polícia Federal ainda não concordou com a internacionalização  


O Livre

 

Apenas a Polícia Federal ainda não concordou com a internacionalização do aeroporto Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande. A afirmação é de Marco Antônio Migliorini, diretor-presidente da Centro-Oeste Airports (COA), administradora do local.

Migliorini esteve reunido com os secretários da Casa Civil, Rogério Gallo, e de Turismo de Mato Grosso, Jefferson Moreno, nesta quarta-feira (4), para tratar do assunto.

No encontro, Migliorini explicou que a administradora do Marechal Rondon já possui autorizações de órgãos federais, como a Anvisa e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para a internacionalização. Somente a Polícia Federal ainda não teria se manifestado.


“Já temos, inclusive, a sala para a Receita Federal adequada, conforme as condições do órgão. Essa era a exigência da Receita para autorizar e que foi atendida, agora faltam apenas trâmites burocráticos, mas acreditamos que a autorização será concedida também”, explicou Migliorini, pontuando que outros investimentos serão feitos no aeroporto, incluindo uma sala de repouso para os agentes federais, até o segundo semestre de 2023.

(Com Assessoria)

Postar um comentário

0 Comentários